Roma Antiga - Resumo Geral

Description

Um mapa mental que mostra a história de Roma do início ao fim.
Arthur Rocha
Mind Map by Arthur Rocha, updated more than 1 year ago
Arthur Rocha
Created by Arthur Rocha over 6 years ago
428
11

Resource summary

Roma Antiga - Resumo Geral

Attachments:

    1. Origem Histórica
      1. A fundação de Roma resulta da mistura de três povos que foram habitar a região da Península Itálica: gregos, etruscos e italiotas.
        1. Roma foi fundada por dois irmãos: Rômulo e Remo. Que reconquistaram o trono de Alba longa para seu avô, ganhando o direito de fundar uma cidade. Rômulo matou Remo e fundou Roma (derivada do nome)
          1. Origem Lendária
            1. Monarquia (753 a.C. - 509 a.C.)

              Attachments:

              1. Nos primeiros tempos da Monarquia, a cidade de Roma era apenas o local onde ficavam os templos religiosos e onde os chefes das famílias se reuniam para discutir assuntos de seu interesse
                1. Por volta de 600 a.C., os etruscos se estabeleceram em Roma como comerciantes ou prestadores de serviço e, aos poucos, foram ganhando poder até conquistarem o governo da cidade. Durante o governo dos reis etruscos, Roma prosperou e foi modernizada. Roma que até então era um conjunto de aldeias, transformou-se em uma cidade próspera e protegida por uma muralha
                  1. Nos tempos em que Roma era uma monarquia, o rei era a maior autoridade da cidade. Além dele havia o Senado (formado pelos chefes das principais famílias patrícias), e a Assembleia Curiata (composta por soldados com até 45 anos).
                    1. SOCIEDADE

                      Attachments:

                      1. Os patrícios, que controlavam o Senado Romano, nunca se conformaram com o domínio etrusco sobre Roma. Em 509 a.C., aproveitando-se do enfraquecimento dos etruscos por causa de guerras com os povos vizinhos, os patrícios derrubaram o rei etrusco Tarquínio, o Soberbo, e fundaram a REPÚBLICA.
                        1. República (509 a.C. - 27 a.C.)

                          Attachments:

                          1. A República Romana era governada pelos magistrados, auxiliados pelo Senado e pelas Assembleias. Além desses magistrados, havia o ditador. Ele governava Roma com plenos poderes por um período de seis meses, em caso de grave ameaça à República. Era eleito pelo Senado
                            1. Os plebeus eram maioria em Roma. Como cidadãos, pagavam impostos e serviam ao exército. Apesar disso, eles não podiam exercer nenhum cargo importante no governo. O casamento entre plebeus e patrícios também era proibido. Além disso, ao serem convocados para ir à guerra, os plebeus eram forçados a deixar suas pequenas propriedades, e, com isso, se endividavam; quando não conseguiam pagar suas dívidas, perdiam a terra e eram escravizados.
                              1. REVOLTAS

                                Attachments:

                                1. No início, os romanos guerreavam para se defender de seus vizinhos. Mas na República, os romanos passaram a guerrear com dois outros objetivos: a conquista de terras e o controle das rotas de comércio. As terras conquistadas eram convertidas em "terra pública", e os povos vencidos eram transformados em aliados inclusive a integrar seu exército.
                                  1. Entre os séculos V e III a.C., as legiões romanos conquistaram quase toda a Península Itálica.
                                    1. GUERRAS

                                      Attachments:

                                    2. As terras e os escravos obtidos nas guerras originaram grandes propriedades escravistas na Península Itálica. Estas produziam vinho e azeite de oliva, que eram vendidas às províncias. Com isso a pequena propriedade passou a produzir apenas para a subsistência e para mercados locais.
                                      1. Diante disso, em 133 a.C., o tribuno da plebe, Tibério Graco, propôs uma reforma agrária que limitava o tamanho da terra que um indivíduo podia ter e distribuía lotes de terra aos pobres. A reforma teve total apoio dos camponeses, mas foi mal recebida por uma parte dos ricos. A tensão entre uns e outros aumentou, e, em um tumulto ocorrido em uma assembleia, Tibério foi assassinado.
                                        1. Além do problema da terra, outro sinal da crise da República provinha do exército. Em 107 a.C., o cônsul Mário promoveu uma reforma militar instituindo o pagamento de salários àqueles que se alistassem no exército voluntariamente. Com isso, muitos homens pobres alistaram-se como soldados permanentes; além do salário, recebiam dos seus generais parte do saque e das terras conquistadas. Com isso, esses novos soldados se ligaram aos seus generais por laços de lealdade e solidariedade.
                                          1. Apoiados por suas tropas, os generais ganharam força e passaram a disputar o poder político. Um dos generais que se sobressaiu na época foi Júlio César, o conquistador da Gália
                                            1. Primeiro Triunvirato
                                              1. Crasso morre numa equivocada tentativa de anexar o império Parta (atual Irã) e Júlio César promove uma guerra contra Pompeu. Vencendo o conflito, Julio César se torna ditador de facto. Logo após é assassinado.
                                              2. Segundo Triunvirato
                                                1. o triunvirato se esfacelou mediante a ascensão militar de Otávio, primeiro imperador de Roma.
                                                    1. Império (27 a.C. - 476 d.C.)
                                                      1. No governo de Otávio Augusto (27 a.C. - 14 d.C.) conheceu um longo período de estabilidade conhecido como Pax Romana, que durou mais de 20 anos. Durante esse período, as cidades ganharam estradas e teatros e as fronteiras do Império foram fortificadas.
                                                        1. A relativa estabilidade política vivida no Império Romano nos dois primeiros séculos da nossa era favoreceu o crescimento da economia e a expansão do comércio romano. A existência de bons portos, de uma rede de estradas bem construídas e o uso de uma moeda única em todo o império (o denário) também ajudaram nessa expansão comercial
                                                          1. Vários governantes romanos, inclusive Otávio Augusto, adotaram a política de pão e circo, que consistia em agradar a plebe oferecendo trigo e espetáculos circenses. No entanto, muitos tem exagerado sobre os efeitos dessa política na vida romana
                                                            1. Os romanos também se destacaram na área do Direito. A própria palavra " justiça" é de origem romana, pois vem da palavra jus (direito). Por muito tempo os romanos se guiaram por leis orais baseadas nos costumes. Durante a República, vendo-se prejudicados pelas leis criadas pelos patrícios, os plebeus exigiram um código escrito. Como resposta a essa exigência, na metade do século V a.C., foram elaboradas as Leis das Doze Tábuas, base do Direito romano.
                                                              1. Desde o início do Império Romano, os contatos entre germanos e romanos eram frequentes e, quase sempre, pacíficos. Entre os séculos I e IV, os germanos foram entrando no Império Romano pouco a pouco e de diversas formas.
                                                                1. No final do século IV, porém, um fator novo veio acelerar o processo: os hunos, povo nômade vindo da Ásia Central, atacaram os germanos. Estes por sua vez, cruzaram as fronteiras do Império Romano e nele se estabeleceram.
                                                                  1. Finalmente, em 476, os germanos conquistaram Roma e puseram fim ao Império Romano do Ocidente.
                                                          2. By: ARTHUR ROCHA
                                                  Show full summary Hide full summary

                                                  Similar

                                                  A CIVILIZAÇÃO ROMANA
                                                  Lucas Villar
                                                  Períodos da História do Brasil
                                                  GoConqr suporte .
                                                  Brasil: Primeiro Reinado e Período Regencial
                                                  Professor Junior
                                                  História do Brasil - Período Colonial
                                                  alessandra
                                                  Hebreus, Fenícios e Persas
                                                  Júlia Flores
                                                  Mercantilismo
                                                  Professor Junior
                                                  SEGUNDO REINADO
                                                  Lucas Villar
                                                  Projeto Med 2015: História e Geografia
                                                  elisacoltro
                                                  Feudalismo
                                                  Malu Miralha
                                                  Iluminismo
                                                  Priscila Reinaldo
                                                  República Velha
                                                  Vitor Gomes