Figuras de Linguagem

Description

Português Mind Map on Figuras de Linguagem, created by Hugo Fonseca on 02/03/2017.
Hugo Fonseca
Mind Map by Hugo Fonseca, updated more than 1 year ago
Hugo Fonseca
Created by Hugo Fonseca over 7 years ago
547
14

Resource summary

Figuras de Linguagem
  1. SONORAS
    1. ALITERAÇÃO
      1. é a repetição das consoantes do início das palavras, para aumentar o ritmo ou produzir um efeito sonoro. É muito comum nos trava-línguas
      2. ONOMATOPÉIA
        1. é a imitação dos sons através de palavras
        2. ASSONÂNCIA
          1. PARONOMÁSIA
            1. as palavras parônimas apresentam sonoridade e são escritas de forma semelhante. Mas o significado delas é muito diferente
          2. PALAVRAS
            1. METÁFORA
              1. É a utilização de uma palavra que tem seu sentido próprio modificado, mas que tem semelhança com o termo substituído, fazendo uma analogia entre os dois.
              2. EUFEMISMO
                1. É a substituição de um termo, por outro mais suave, que não torne a expressão insensível
                2. HIPÉRBOLE
                  1. utilizada para intensificar uma expressão, exagerar uma ideia intencionalmente
                  2. METONÍMIA
                    1. A metonímia é uma figura de linguagem que muitas vezes é confundida com a metáfora, mas o termo substituído na metonímia tem estreita relação com o sentido que ele carrega. Na metáfora, o sentido real da palavra é substituído, enquanto na metonímia, o sentido permanece, mas a palavra é substituída
                    2. SINESTESIA
                      1. consiste em agrupar e reunir sensações originárias de diferentes órgãos do sentido: visão, tato, olfato, paladar e audição
                      2. ANTÍTESE
                        1. Figura de linguagem que explora dois extremos
                        2. ANATOMÁSIA
                          1. variedade de metonímia que consiste em substituir um nome de objeto, entidade, pessoa etc. por outra denominação
                          2. CATACRESE
                            1. serve para suprir a falta de uma palavra específica que designe determinada coisa; abusão (p.ex.: braços de poltrona; cair num logro; dentes do serrote; nariz do avião; pescoço de garrafa; virar um vaso de cabeça para baixo etc.)
                            2. PARADOXO
                              1. pensamento, proposição ou argumento que contraria os princípios básicos e gerais que costumam orientar o pensamento humano, ou desafia a opinião consabida, a crença ordinária e compartilhada pela maioria.
                              2. GRADAÇÃO
                                1. relacionada com a enumeração, onde são expostas determinadas ideias de forma crescente (em direção a um clímax) ou decrescente (anticlímax)
                              3. SINTAXE
                                1. PLEONASMO
                                  1. É basicamente o uso de dois sinônimos ao mesmo tempo. Pode ser usado para intensificar uma ideia. Mas na maioria dos casos é usado de forma incorreta
                                  2. ELIPSE
                                    1. consiste em omitir um termo da frase que não foi enunciado anteriormente na frase, mas podemos facilmente identificá-lo pelo contexto
                                    2. SEUGMA
                                      1. forma de elipse que consiste na supressão, em orações subsequentes, de um termo expresso na primeira (p.ex.: cada criança escolheu um brinquedo; o menino, um carro, a menina, uma boneca )
                                      2. ANÁFORA
                                        1. é a repetição da mesma palavra ou grupo de palavras no princípio de frases ou versos consecutivos.
                                        2. HIPÉRBATO
                                          1. transposição ou inversão da ordem natural das palavras de uma oração, para efeito estilístico, da qual resulta a separação entre elementos que constituem um sintagma, pela intercalação com outros elementos pertencentes a outro sintagma (p.ex.: aquela que me arruinou mulher por aquela mulher que me arruinou ).
                                          2. ANACOLUTO
                                            1. Tem-se um anacoluto toda vez que a estrutura sintática de uma oração é interrompida e um termo ou expressão que parecia ser essencial à sentença acaba ficando solto
                                            2. POLISSÍNDETO
                                              1. termo que se aplica à coordenação de várias palavras, através da repetição de uma ou mais conjunções (p.ex.: sem mocidade e sem amor e sem tostão ).
                                            Show full summary Hide full summary

                                            Similar

                                            FIGURAS DE LINGUAGEM
                                            Gabriela Vianna
                                            Figuras de linguagem
                                            Roberta Souza
                                            Figuras de Linguagem
                                            Mah1408
                                            Figuras de linguagem.
                                            Livia Oliveira
                                            Figuras de linguagem e terminologia
                                            marlonmilitani
                                            figuras de linguagem part 1
                                            Sandra Virgínia Correia de And Santos
                                            ORAÇÕES SUBORDINADAS ADVERBIAIS
                                            trackerian
                                            FONOLOGIA estudo dos sons
                                            Viviana Veloso
                                            SUBSTANTIVOS
                                            Viviana Veloso
                                            Gramática - Visão Geral - Fonologia
                                            tiago meira de almeida
                                            Gramática - Fonologia - Quiz I
                                            tiago meira de almeida